• INICIO
  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube
  • Contacto
  • Comentar
  • Feeds/Posts

20/04/2017

Transporte português para socorrer quem precisa


video 

Uma mulher de 76 anos foi ontem levada de carrinho de mão pelo companheiro, de 59, para levantar a reforma, em Elvas.
O casal, que vive num monte isolado, fora da cidade, num cenário de pobreza extrema, acabou por ser auxiliado pela PSP e pelo bombeiros da cidade, após a denúncia de populares.

Depois de ler esta notícia fiquei a pensar se o Salazar ainda governa Portugal, segundo informação dizem que já há quase cinquenta anos que o homem mau, o Salazar e o seu regime morreu.
Fiquei abismado, perguntando em que regime se vive? Responderam-me que numa democracia, onde os direitos humanos são defendidos, onde existe o princípio de igualdade, todos têm direito à saúde, onde o analfabetismo está em extinção, a pobreza é um mito, eu sei lá o que me disseram..........
Mas voltei a ficar abismado, porque eu pensava que casos destes só talvez lá para um país daqueles de África, e daqueles mais pobres, afinal isto existe em Portugal, um país que vive em democracia, governado por gente socialista, que defendem os direitos humanos, a pobreza segundo diziam era para acabar, etc, etc, só coisas boas.
Pensando bem, fico com a impressão que a merda é a mesma, as moscas é que são outras, são moscas diferentes, moscas que têm os mesmos princípios do Sr Salazar, só que ainda piores, governam-se a eles, penalizam o povo com custos e dificuldades, mas eles estão como se diz agora numa boa, e o povo que se lixe, desculpem lá a linguagem, mas é mesmo assim.
Mas isto não é um país do primeiro mundo? Rico, desenvolvido e vivendo em democracia? parece-me a mim que não, é e continua a ser um país do terceiro mundo, porque enquanto existirem seres humanos filhos deste país a viverem nestas condições e com mentalidades assim, Portugal continua um país que não tem perdão, mas vive-se com o direito a votar e a eleger quem nos governa, já é uma felicidade e um bem estar.
Afinal estes não são melhores que o Salazar! Que país ainda é este? É Portugal!................... Que vergonha senhores governantes, podem-me dizer assim, mas nós não somos culpados, e eu responde, são! são! E muito culpados! Tenham vergonha, o que dirão os nossos amigos alemães e outros por essa Europa fora? Tenham vergonha!!!!!!! A notícia diz que este casal já estava sinalizado pela Segurança Social, então e porque não resolveram o problema? Por falta de meios? Será? Eles não aceitaram a ajuda? Hummm, mas existem meios para aqueles que não são portugueses, para esses sim, esses é que merecem, Bem ajam! Sinto-me tão pequeno como português, que me dá vergonha de dizer que o sou, infelizmente.
Uma mulher de 76 anos foi ontem levada de carrinho de mão pelo companheiro, de 59, para levantar a reforma, em Elvas.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/leva-idosa-aos-ctt-em-carrinho-de-mao?utm_medium=Social
Uma mulher de 76 anos foi ontem levada de carrinho de mão pelo companheiro, de 59, para levantar a reforma, em Elvas.

Ler mais em: http://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/leva-idosa-aos-ctt-em-carrinho-de-mao?utm_medium=Social

19/04/2017

Mas então não são estes os mais sérios e os que arranjam empregos depois de aposentados?


Ministério Público acusa 13 funcionários do Fisco O Ministério Público (MP) acusou 45 arguidos, 13 deles funcionários da Autoridade Tributária, por corrupção, falsidade informática, acesso ilegítimo, abuso de poder, tráfico de influência, fraude fiscal, falsas declarações e detenção de arma proibida, informou esta terça-feira o MP.
De acordo com a acusação, ficou indiciado que, entre o segundo semestre de 2011 e 17 abril de 2016, os arguidos funcionários da AT, a troco de dinheiro e de bens patrimoniais e não patrimoniais, praticarem atos que beneficiaram particulares junto da administração fiscal.

E eu a pensar que eram estes os portugueses mais sérios, uma vez que quando estão no oposto e a defender os interesses do Estado nada está bem e o contribuinte é sempre o patinho feio da sociedade, porque perante a sua seriedade só eles é que são sérios, nunca fogem ao fisco, interessante.
Mas, afinal os não sérios ao-os em todo o lado, os empregados do Estado e os que para o Estado contribuem com o seu esforço laboral, etc, etc.
Um qualquer cidadão depois de reformado dificilmente encontra um pequeno tacho para se entreter durante o tempo que ainda lhe falta para chegar à cova, mas vê-se por aí uns empregadinhos do Estado com uns tachinhos de entretenhas no privado, e porquê? Porque segundo as opiniões, ou se calhar outra coisa qualquer eles são os mais sérios, os mais competentes e os mais sabedores, aqui está uma das razões, eu logo vi.........., o interesse.............., cá está, eles sabem tudo, como se faz e como não se faz, aguente Zé Tuga, paga e não bufes.

09/04/2017

Meninos obscenos!

video
video

Em entrevista à TVI, a mãe de um aluno da Escola Secundária da Maia desvaloriza os acontecimentos. A mulher refere que, com base no relato do filho, são comportamentos “normais” de uma viagem de finalistas e que os estragos não são assim tão avultados.

Um turista português chegou este sábado ao hotel de onde foram expulsos os jovens e viu os quartos onde ficaram hospedados. Este português descreve um cenário em que há televisões na banheira, cerveja despejada por todo o lado e um cheiro muito forte a álcool.
Vizinhos em Torremolinos confirmam que na última semana houve  muita confusão e gritos numa zona que descrevem como pacata.

Meninos, meus meninos, são hoje assim vistos os meninos portugueses, mas todos sabemos como estes meninos mimados se portam dentro e fora de portas.
Quanto a mim são meninos obscenos, são os meninos do futuro de Portugal, são os mesmos meninos que envergonham este país que em tempos todos se orgulhavam da boa educação do seu povo, hoje são a vergonha desse mesmo povo.
Depois disto tudo e ao ver o vídeo acima de uma mãe de um destes meninos dizer se queremos pessoas sossegadas e quietas compramos um hotel em Fátima, que vergonha minha senhora, é esse o exemplo e a educação que esta senhora deu e dá ao seu menino? Por isso ele teve este comportamento de pessoa cívica e educada, respeitando a propriedade alheia e o seu próximo, dê educação ao seu filho e não deite cá para fora essas obscenidades.
Num dos outros vídeos acima está a testemunha de um turista, onde diz que viu televisões na banheira, cervejas por todo o lado e cheiro álcool, mais um exemplo da boa educação e do civismo desta geração, que alguém um dia se lembrou de chamar geração rasca.
Mas eles são assim porquê? Porque a esmagadora maioria já é filha de gente onde o civismo e a boa educação nunca tiveram, já fazem parte desta mesma geração rasca, e nascidos em que era? Também na mesma que transformou este país num país onde se nasce sem educação e respeito.
Mas afinal o que foram estes jovens sem educação fazer para Espanha? Foram passear, são finalistas do ensino secundário, muito bem, bem o merecem, mas depois disto não mereceriam umas féria no Alentejo a trabalharem para saberem o que custa a vida? Seria a melhor solução, porque nas escolas onde estudam também para lá vão alguns cêntimos dos meus impostos, e não é para gente desta que eu gosto de contribuir!

08/04/2017

Hipócrita, mentiroso e sem razão

video
  
Já está imune às críticas que fazem ao seu salário?
No momento em que se quiser controlar aquilo que é a capacidade da iniciativa privada em Portugal, e interferir nisso, só tem um destino: é a pobreza.

O presidente da elétrica portuguesa rejeita as críticas de que os preços da eletricidade em Portugal são caros. “A eletricidade não é cara. As casas é que são mal construídas”, afirmou o gestor na entrevista que será publicada amanhã no suplemento do Dinheiro Vivo.

Este senhor, salvo seja, vive e desfruta de um país onde a esmagadora maioria do povo vive miseravelmente, onde grande parte dos vencimentos são mínimos, onde muitos passam fome, mas este senhor tem um vencimento de 1,38 milhões de euros, anuais5,5 mil euros por dia na EDP em 2016.
Este senhor gere uma empresa que é fornecedora de energia eléctrica, da qual depende um povo para se iluminar, aquecer e outras, até aqui tudo normal, só não é normal são os argumentos que este senhor apresenta para confirmar o seu vencimento, um deles é que a electricidade não está cara, as casas é que estão mal construídas, que pouca vergonha, então a electricidade não está cara? Pois não, para ele não está, se o preço fosse o triplo continuava a não estar. No que sei e pago, acho um exagero o preço que pago, acho que é uma especulação, e nada justifica os preços que o povo português paga, mas é claro que só assim este privilegiado pode vencer os valores que vence, e sem pouca vergonha de dizer o que diz, como mais esta, controlar aquilo que é a capacidade da iniciativa privada em Portugal e interferir nisso, só tem um destino, é a pobreza, aqui tem o privilegiado razão, mas enquanto existir um português a receber um vencimento que só lhe dá para viver miseravelmente apenas uma semana, este senhor perde a razão toda, olhando ao chorudo ordenado que ele aufere. que é um crime, quanto a mim, porque grande parte dos que contribuem, ou seja dos clientes deste monopólio, ao qual estão obrigados a se submeterem ao monopólio, e são estes que pagam a grande factura a esta empresa que este senhor acha que a electricidade não é cara, mais uma vez uma vergonha, e digo, não nos atir areia para os olhos, não se esqueça que o seu ordenado é pago por aqueles que ganham um vencimento mínimo, não sabe disto? Então não diga disparates, porque o seu valor quanto a mim é zero! Gostava de o ver fazer feitos se por exemplo existisse concorrência no seu sector, e não estivesse protegido para poder aumentar os preços quando quer e quando não quer. Os vossos preços são demasiado caros, não ponha as casas em causa, porque as casas não produzem energia eléctrica, apenas precisam dela para as iluminar e as aquecer, arranje outras e olhe por aquilo que ganha, quando os que pagam, por vezes deixam de poder satisfazer outras necessidades, para poderem pagar a factura da electricidade que é demasiado cara. Vergonha!

07/04/2017

Mais um atentado, para quando o fim destas brutidades animalescas?

video

Um camião entrou numa rua pedonal ao início da tarde e abalroou uma multidão antes de embater na fachada de um centro comercial.
Pelo menos quatro pessoas morreram e 15 ficaram feridas.
Um homem foi detido nos arredores de Estocolmo e terá confessado ser o autor do atentado.

Qual o futuro da nossa Europa? Será este? Quem manda e gere parece que aceita estes indivíduos que quase todos os dias nos atacam, discutem o assunto, prendem ou abatem-nos e ficam por aí.
Não é assim que estes assassinos merecem ser tratados, há que fazer algo mais, porque qualquer dia nem nas nossas casas eles nos deixam estar sossegados.
Só há uma forma de os combater, que é, quanto a mim, expulsá-los todos para bom longe da Europa e do  mundo civilizado, caso contrário destruír-nos-ão.
Se o que se tem passado no mundo ocidental feito por indivíduos de outras origens que não da Europa e de raças não europeias, se se passasse nessas regiões e países das origens destes cretinos e feito por europeus, já nos tinham exterminado, não deixavam um europeu de pé, mas eles fazem e voltam a fazer e continuam gozando e passeando no nosso continente, e porquê? Porque temos a vaidade de ser-mos tolerantes, de sermos democráticos e outras vaidades que para os cretinos só lhes é favorável, enquanto nós vamos sofrendo com todo este terror.
Há que pôr fim a este mal, e só existe uma forma, que é correr com tudo o seja extra Europa, e colocá-los nos países de origem, caso contrário muito nos espera de mal, porque quem não é branco e Europeu não gosta de nós, e com boas vontades e amores não vamos lá! A Europa é dos europeus! E o  mundo ocidental e democrático é para quem gosta de viver em paz! Quem não quer e não gosta dos nossos princípios só tem um caminho a seguir, voltar às origens e de lá não sair! Viva a democracia e a liberdade do mundo ocidental!

04/04/2017

Portugal com filhos enjeitados? Não quero!


O número de pedidos para obtenção da nacionalidade portuguesa atingiu em 2016 o valor mais alto dos últimos sete anos, totalizando 35.416, segundo dados do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI).
O RASI de 2016 adianta que dos 35.416 pedidos formulados para obtenção de nacionalidade portuguesa, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras emitiu 27.155 pareceres, dos quais 26.061 foram positivos e 1.094 negativos.
O relatório indica que os cidadãos que pediram a nacionalidade portuguesa no ano passado foram essencialmente os oriundos do Brasil (10.063), Cabo Verde (3.126), Ucrânia (2.352), Turquia (1.704) e Angola (1.470).

De facto este país é muito bom para os filhos enjeitados, enquanto para os filhos naturais é um padrasto, porque razão é que Portugal recebe toda esta gente como portugueses? E olhando à origem deles Portugal vai beneficiar e muito com este pessoal, não chegamos nós os portugueses de sangue? É preciso todo este asilo? Como português continuo dizendo que não aceito! Como português quero o que é meu! Não quero partilhar o meu país com outros, então não vale a pena haver países e fronteiras, e fazemos do mundo uma coisa única, e sabemos que isso não funciona, se ler-mos a história da humanidade verificamos como começaram as tribos e os seus territórios devidamente demarcados.
Um dia destes vou-me cruzar com uma pessoa que não sabe a língua portuguesa, não sabe a história de Portugal, não sabe a nossa gastronomia, nada fez por este país, nem ele nem os seus avós, mas é Português, que merda esta! Não quero! Porque não um referendo aos portugueses, é que não são imigrantes, são pessoas que passam a ser portugueses, Porra!
Não admite doar parte do meu país aos outros, então nós fomos tão maus enquanto povo colonizador, e agora são esses mesmos que nos chamavam de colonos e agora nos querem como irmãos deles? São todos grandes cérebros que aí vêm, trazem-nos grandes mais valias, o futuro o dirá. Eu na parte que toca não aceito. Portugal para os portugueses e cada um nos seu país! E todos amigos, mas cada um na sua casa! Um português é um português, um ucraniano é um ucraniano, um chinês é um chinês e não é português, um homem é um homem e uma mulher é uma mulher!