• INICIO
  • Facebook
  • Twitter
  • Google +
  • Youtube
  • Contacto
  • Comentar
  • Feeds/Posts

12/08/2017

Alojamento local, uma actividade nojenta!

video

O crescimento do alojamento local  à boleia de empresas como o Airbnb, o aumento das rendas, o impacto da poluição. Todos estes fatores têm contribuído para um fenómeno que, não sendo novo, tem tomado grandes proporções em várias cidades europeias neste Verão: a escalada de tensões contra a atividade turística.

Este fenómeno está na Europa, mas pelo que dizem Portugal também é Europa, só que por aqui ninguém se manifesta contra esta epidemia de desassossego em que alguns pontos do país estão a viver, nomeadamente Lisboa e o Algarve.
No Algarve esta triste actividade de alojamento turístico existe há já muitos anos, mas sem qualquer lei, hoje criaram segundo dizem a lei do alojamento local, só que fazem esse alojamento em prédios de habitação, prédios esses que são compostos de fracções autónomas e que se destinam a habitação, habitação permanente, não habitação turística, o que é uma coisa muito diferente, porque o descanse para quem lá comprou ou alugou a sua habitação não tem descanse, não tem segurança, ninguém sabe quem está a seu lado, pode ser bom ou mau, tudo sujam e estragam, as partes comuns em que todos os proprietário contribuem muitas vezes com dificuldade, resumindo, comprei uma habitação num prédio que apenas tinha esse fim e estou a habitar num hotel, porque existem alguns imbecis que fazem deste negócio a sua vida, não respeitando o resto dos condóminos.
Isto é deplorável e inaceitável, este políticos de merda que legalizaram esta deplorável lei não os aturam, eles não os colocam junto a si, os pobres ou seja, a classe média é a vítima desta situação, não se dorme, não se descansa, não se tem higiene nas escadas e elevadores dos prédios, etc, não há rei nem roque, o barulho, a qualidade das pessoas que para aqui vêm, etc, etc
Quanto à revolta das pessoas que na Europa protestam, têm toda a razão, e muito mais para protestarem, isto tem que acabar! Ninguém está contra o turismo, mas sim contra a este alojamento local, nojento e muitas vezes sem qualquer controlo, eu não quero viver num hotel, quero viver num prédio de habitação!
Deixo aqui um apelo a quem ler este post, e que desta miserável e terceiro-mundista ideia seja banida, o alojamento local!
Vamos criar um movimento que combata esta actividade nojenta! FORÇA!

Sem comentários: